bsblibertacao@gmail.com

16 de abril de 2011 - Um dia para ser lembrado!

Eram aproximadamente 11:40 quando nosso grupo de manifestantes atingiu a marca de 10 pessoas. Estávamos sentados em um banquinho em frente ao Ministério da Ciência e Tecnologia nos perguntando onde colocaríamos nossas faixas e cartazes, quando chegou uma viatura da Polícia Militar. A conversa parou, ficamos observando o guarda vir em nossa direção. Por um instante pairou uma tensão no ar. E então, gentilmente o PM nos cumprimentou, perguntou se aquela seria a manifestação pelos animais. Respondemos que sim. Ele, então, disse que era o policial de plantão e que nos daria um número de telefone para contato caso precisássemos de alguma coisa. 

De forma muito espontânea, uma de nossas voluntárias comentou que precisaríamos de uma ajuda para diminuir a velocidade dos carros, pois o semáforo estava desligado. Para nossa alegria - e surpresa - o PM se prontificou a ajudar! Pediu alguns minutos até que ele fosse buscar alguns cones, os quais seriam colocados na pista que passa pela Esplanada dos Ministérios, na altura do MCT. Quase demos pulos de tanta alegria! E ali, naquele momento, soubemos que nossa manifestação seria um sucesso!

Pouco a pouco foram chegando novos manifestantes. Dificuldades para colocarmos as faixas? Imagina! Rapidamente surgiu ajuda por parte de alguns rapazes que estavam na manifestação também. Em poucos minutos, as faixas estavam dispostas pelo gramado. Algumas pessoas começaram a se movimentar para escolhermos onde ficaríamos com as outras faixas, onde distribuiríamos os flyers - impressos com a super ajuda da Eliane, do Augusto Abrigo e da Antoniana, da Animal Defenders International. Além dos flyers, ficamos pensando uma forma de utilizarmos os cartazes que eu e Rachel havíamos mandado rodar. Ao todo, eram 75 folhas no tamanho A3, as quais havíamos pensado em colar nas grades que estavam dispostas na Esplanada na semana passada. Porém, elas foram retiradas. Eis que alguém falou: por que não seguramos também os cartazes, enquanto outras pessoas distribuem os flyes? Perfeito!


Para completar, faltava apenas capricharmos no nosso visual. O pessoal do Augusto Abrigo, além de outros voluntários, levaram jalecos de TNT, com tinta vermelha, para parecer sangue. Ficou perfeito! Completamos com máscaras, toucas cirúrgicas e apitos... aliás, muitos apitos!



O barulho estava garantido! Fomos para a pista, segurando nossas faixas - pintadas ao longo das últimas semanas com muito carinho e pouca experiência, mas que ficaram fantásticas! Levamos os cartazes e os flyers. As pessoas rapidamente se dividiram em funções. E quase todos com um apito na boca, para garantir que seríamos ouvidos.



Novamente, a PM deu um show de organização. Colocou os cones na pista, nos ajudou pedindo aos carros para diminuírem a velocidade.

E daí para frente, foram mais de duas horas de pura festa! O clima da nossa manifestação foi excelente! Todos se ajudando, distribuindo água, emprestando protetor solar, catando os flyers que eram jogados no chão por motoristas que não aderiram à causa.... Este foi um daqueles exemplos em que a solidariedade e a união fazem realmente a força! Nos sentíamos cada vez mais fortes, nos sentíamos ouvidos!



Não demorou muito para aparecerem jornais e carros de reportagem de grandes redes de televisão. Foi incrível!! Demos entrevistas, fomos filmados, fotografados. Até mesmo os turistas que estavam no ônibus de city tour por Brasília entraram na festa. Deram tchau, fotografaram, fizeram gestos de apoio à nossa manifestação. Sem contar os motoristas que nos incentivavam com buzinas e mais buzinas.


Diante de tanta energia, aguentamos o calor, o sol e o mau humor de algumas pessoas, que se recusavam a abrir o vidro dos carros, que devolviam os panfletos, que aceleravam e pareciam querer derrubar alguns manifestantes. O que importa isso tudo se o sentimento predominante naquele momento era o de que estávamos efetivamente dando voz aos animais? E, melhor, sentíamos que estávamos sendo ouvidos por muita gente!

Que esta manifestação tenha sido multiplicadora desse sentimento de indignação e revolta pelo uso de animais em laboratórios. Que tenhamos sido capazes de sensibilizar algumas pessoas, de passar nossa mensagem de que há alternativas para a vivissecção e para a experimentação em animais! Que esta tenha a sido a primeira de muitas outras ações em prol desta causa aqui no Planalto Central.


Obrigada a cada pessoa que fez dessa, uma manifestação possível! E obrigada ao Cadeia Para Quem Maltrata os Animais por acreditar em nós! Desejamos que as manifestações nas outras cidades tenham sido um grande sucesso! E que em breve possamos agir juntos novamente. Foi uma grande honra estar com vocês!

"Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos." (Bezerra de Menezes)

Patrícia El-moor
Libertação Animal Brasília

Aqui estão os links dos locais que mencionaram nossa manifestação em Brasília:





9 comentários:

Anônimo disse...

Paty, foi maravilhoso, sua narração aqui está perfeita, trás à memória cada detalhe. Estou orgulhosa de ter participado, orgulhosa de você, da causa. Que Deus nos abençoe, nos conceda discernimento e força para seguir até alcançarmos nossa meta.
Bjs...
Dani Belga

R. Autran disse...

Pat, faço das palavras da Dani as minhas também. Esse blog vai ser o potal para muitas conscientizações, espero eu! São Francisco está conosco! Beijo grande! Rachel.

norah disse...

Patricia,
Que belas notícias e que belas cenas, minha amiga!
Você diz que agradece ao Cadeia, mas, acredite, o Cadeia é quem agradece a você por ter nos representado tão bravamente e de forma tão linda em Brasília.
Entregar este bebê precioso a você foi um acerto e uma felicidade para mim.
Você nutriu, cuidou e gerou um belo fruto hoje em Brasília para todos nós que verdadeiramente estamos empenhados na causa dos direitos animais. Abriu portas de comunicação com a população e promoveu a conscientização.
O meu muito obrigada a você e a todos que tornaram isso possível aí em Brasília!
Minha eterna gratidão e amizade por você,
Norah

Thais disse...

Foi tudo lindo!
Manifestação pacífica, muita informação e esclarecimentos!
Estamos prontas pra próxima!
Somos a voz dos animais, eles precisam de nós!
Foi muito bom conscientizar algumas pessoas que não tinham noção do que se passa nos laboratórios, esse é o começo!


Beijos,
Thaís Moscoso.

Elizabete Otelac disse...

Parabéns a você, querida Patricia, e a todos que somaram esforços nessa Manifestação Anti Experimentação Animal e Anti Vivissecção aqui em Brasília!!! Desejo sucesso crescente!!! Que Jesus abençoe e ilumine a todos nessa luta em prol dos Animais!!! Sopros de Luz! Elizabete Otelac

Anônimo disse...

Esse grupo deu voz aos animais, no Dia Mundial da Voz, mostrando competência, bravura e coragem na capital do País. Parabéns a todos que participaram. Fiquei emocionada... Márcia Rocha

P.S.: Uma ideia: poderia se fazer também algum protesto na reunião da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), que neste ano será em Goiânia! No ano passado, nesse fórum (em Natal) em que transita o maior número de "futuros" cientistas, foram distribuídos flyers em campanha propagando exatamente o contrário: a defesa do uso de animais em pesquisas científicas!

Anônimo disse...

Foi incrível observar o crescimento da nossa pequena manifestação, pequena em seu tamanho físico e grandiosa, enorme em seu propósito. Sou voluntária do Augusto Abrigo, me chamdo Lívia e eu e meu marido estávamos lá com vocês no sábado. É muito triste saber o que ainda fazem nesse mundo com todos os indefesos, de todas as espécies. Escolhi trabalhar pelos animais, está no meu DNA, no meu gene, no meu sangue, não tem jeito. Esterei sempre perto, dentro do Augusto Abrigo, minha casa de coração, e perto de todos q lutam por esta causa. Contem comigo! Boa semana!!

Bruno Pinheiro disse...

Parabéns pela bem-sucedida manifestação, meus amigos! Em breve estarei aí em Brasília para me unir a vocês nessa causa tão nobre!!!
Abraços!
Bruno

libertacaoanimal disse...

Obrigada, de coração, a cada um de vocês pelos comentários postados aqui no blog. Sabemos que nosso grito ainda não ecoou tão longe quanto gostaríamos, mas é questão de tempo. Acredito que juntos temos força para irmos ainda muito mais longe! E iremos! Unidos pelos animais, hoje e sempre!